Em sua autobiografia, Minha História, a ex-primeira-dama do EUA conta a história de sua vida privada, antes, durante e depois da Casa Branca.

leia um livro Michelle Obama becoming
Foto de Leia um Livro, por A. Yuri

Em Becoming, título original do livro Minha História e simultaneamente traduzido para 24 idiomas, Michelle Obama apresenta a história de sua vida privada, antes, durante e depois da Casa Branca, na qual equilibra de forma leve episódios de superação, humildade e honestidade.

Já no começo do livro, Michelle aborda um resumo de sua história de superação. A ex-primeira dama cresceu em um pequeno apartamento em Chicago, com os pais e o irmão. Michelle compartatilha episódios de racismo vividos por ela e sua família, como por exemplo sua tia em que mesmo aprovada em uma universidade de renome, não podia residir no campus universitário com os demais estudantes por conta da sua cor de pele. Aprendendo e se fortalecendo com a dores, a autora reforça que esses episódios a fizeram mais forte e a levaram a ser quem se tornou.

autobiografia becoming

“Até agora, fui advogada. Fui vice-presidente de um hospital e diretora de uma ONG que ajudava jovens a construírem uma carreira significativa. Fui estudante negra de classe trabalhadora em uma faculdade de elite de maioria branca. Fui a única mulher, a única afro-americana, em todos os tipos de ambientes. Fui a noiva, a mãe estressada de uma recém-nascida, a filha consternada pelo luto.

E até pouco tempo atrás, fui a primeira-dama do Estados Unidos da América – emprego que não é oficialmente um emprego, mas que ainda assim me deu uma plataforma que eu jamais imaginaria. Ele me desafio e me deu uma lição de humildade, me estimulou e me retraiu, às vezes tudo ao mesmo tempo.

Só agora estou começando a processar o que aconteceu nesses últimos anos – do instante, em 2006, em que meu marido começou a falar em concorrer à presidência até a manhã fria de inverno quando entrei em uma limusine com Melania Trump, para acompanhá-la à posse do marido. Foi uma jornada e tanto.” (trecho do livro “Minha história)

michelle obama becoming
Michelle Obama, no Centro Médico da Universidade de Chicago, onde trabalhou em programa comunitário para os moradores do South Side

Ao mesmo tempo em que compartilha sua trajetória, a ex-primeira-dama dos EUA relembra os tempos na Casa Branca, em que se eforçava para manter uma vida “normal” em uma residência com 132 quartos, 35 banheiros e 28 ladeiras, em que as janelas sempre permaneciam fechada por questões de segurança.

“Era na Casa Branca que nossas duas meninas jogavam bola nos corredore e subiam nas árvores do Gramado Sul. Era onde Barack se sentava tarde da noite, estudando informes e rascunhos de discursos na Sala dos Tratados, e onde o Sunny, um dos nossos cachorros, às vezes fazia “suas necessidades” no tapete.
(…)
Temos (hoje em dia) recordações epalhadas pela casa (fora da Casa Branca), nos lembrando de que tudo foi verdade – fotos das nossas férias em família em Camp David, vasos feitos à mão por estudantes indíginas, um livro autografado por Nelson Mandela“. (trecho de “Minha História”)

Minha história traz um relato íntimo e singular, de uma mulher com alma e consistência que desafiou constantemente as expectativas – inclusive entrando na Universidade de Princeton após sua orientadora dizer que ela não tinha “o perfil de Princeton” – e cuja história nos inspira a fazer o mesmo.

leia um livro minha história